Dicas importantes para jogar o “gratuito” World of Tanks

World of Tanks é um jogo gratuito da Wargaming, disponível para PS4, Xbox One, Nintendo Switch, PC, além de celulares Android e iOS.

O game que teve a presença do astro Arnold Schwarzenegger, no lançamento, coloca os jogadores em duelos táticos em campo de batalha arretado. Para se dar bem é preciso escolher o tanque de guerra certo, saber atirar de várias posições e distâncias diferentes.

Pensando nisso, a gente separou seis dicas importantes para mandar bem nessa aventura do World of Tanks. Se liga!

1 – Qual o tanque perfeito para escolher?

No início da jornada por World of Tanks, será preciso escolher a primeira máquina de guerra. São três opções inicialmente, mas com outros desbloqueáveis ao longo do jogo. São vários tipos, alguns mais rápidos e leves, outros pesados e repletos de poder de fogo ou blindagem.

Então para isso fazer bem a escolha preste atenção no tipo de mapa. Lembre-se de escolher a posição corretamente para ajudar o time. Sendo assim, os mapas mais abertos pedem por uma maior mobilidade, para flanquear inimigos e passar por áreas abertas sem receber tiros. Já os locais mais fechados, como cidades, com encontros de um contra um em cada esquina, pedem tanques mais resistentes ou com poder de fogo elevado. Claro que ainda existem os mapas híbridos, onde a escolha vai depender do estilo de jogo preferido de casa jogador.

2 – Como disparar de forma eficiente?

O jogo é de combate tático e estratégia, onde disparar é um ato pensado com antecedência e a precisão depende de vários fatores.

Para auxiliar o jogador, a retícula de mira conta com comportamentos e cores que indicam se o tiro tem boas chances de atingir o inimigo e ainda perfurar a blindagem resistente.

Se o centro da mira estiver verde, quer dizer que esse é um local frágil do tanque inimigo, que permite perfuração e até dano crítico. Se ela estiver vermelha, significa o contrário, blindagem mais dura que pode impedir um dano elevado. Obviamente que existem exceções, que falaremos logo mais na dica das fraquezas. Outro detalhe legal é não se movimentar muito enquanto atira. Quanto mais expandida a mira, menos preciso é o tiro e maiores são as chances de um

erro. O tiro ideal é com a mira bem pequena, com o tanque parado, em um ponto verde marcado sobre o tanque inimigo.

Assim que atirar, a mira vai ficar toda vermelha e consequentemente voltar ao verde aos poucos. Essa animação de cores indica o tempo de recarga do tanque. Quando ela estiver totalmente verde, você pode realizar um novo disparo.

Muitas batalhas são decididas à distância e são necessárias uma maior precisão para vencer. Para isso, é possível ativar o modo sniper, que é um zoom que amplia muito o ângulo de visão, e permite mirar mais longe. Neste modo a mira se expande ainda mais facilmente.

3 – Abuse das fraquezas dos adversários

Cada tanque do jogo tem as próprias fraquezas e entender isso com o tempo é o que vai te transformar em um jogador perigoso.

Tanques mais pesados tem dificuldade de movimentação e podem ser flanqueados com mais facilidade. Usando tanques leves, é possível rodar facilmente para as costas de um deles e atingir o ponto mais fraco possível, causando danos críticos.

Já outros tanques possuem fraquezas em áreas como a esteira, que ao serem atingidas vão paralisar qualquer movimento. Na maioria das partidas, isso significa derrota para o tanque imobilizado. Ele vai ser um alvo fácil para todos os inimigos. Por isso é importante conhecer as peculiaridades de cada tanque e jogar em torno disso.

4 – Proteja as suas fraquezas 

Abusar das fraquezas inimigas é uma habilidade importante no World of Tanks, mas protege-las também é tão importante quanto. Então nada de deixar o tanque de frente para o adversário. Isso é um mau negócio, porque expõe muitas partes frágeis.

A dica é girar o tanque para uma das diagonais, expondo a parte da esteira. Vários desses pontos são invulneráveis e vão te proteger de disparos inimigos e exigir uma precisão maior dele.

No game, tem tanques que podem utilizar elementos do cenário para se proteger. Os americanos costumam se esconder atrás de paredes ou entulhos e deixam apenas a torre do tanque visível, a qual possui ótima blindagem.


5 – Tenha a informação e se comunique

O “Mini Mapa” do game é extremamente detalhado e garante todas as informações necessárias para planejar o próximo passo. Os inimigos detectados são exibidos com ícones precisos, que informam se é um tanque leve, médio ou pesado. Também é possível ver a movimentação de todos para traçar a rota de acordo com as linhas que o movimento gera.

O recurso serve para a manter uma boca comunicação e marcar pontos no mapa para avisar aos aliados dos perigos. Fale sempre com o time e se movimente de forma unida. Isso é a chave para a vitória.

6 – Jogue de forma reativa nas primeiras partidas

A última dica é pensando na precaução. Não seja afobado, tente entender e observar tudo durante as partidas. Jogadores que vêm de shooters ou RPGs de ação, acabam se movimentando de forma mais agressiva e consequentemente vão ser derrotados rapidamente. Isso pode ser um pouco frustrante.

 A sugestão é jogar de forma mais tática e reativa, para entender aos poucos como os inimigos se movimentam e melhorar as habilidades de disparo à distância. Cada mapa conta com pontos específicos onde é interessante posicionar para aguardar o melhor momento de atacar. Alguns deles são ótimos para identificar inimigos, que vão ficar marcados na tela e outros são ótimos para trocar tiros.

Posicione o tanque de forma inteligente nesses mapas e então espere o adversário errar em vez de correr para o campo aberto e ser fuzilado por um pelotão de tanques inimigos escondidos.

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.